Home » Loja Downloads  |  Notícias  |  Artigos  |  Minha Conta  |  Suas Compras  |  Realizar Pedido   
Categorias
 Anulatória
 Créditos Tributários
 Cursos Apostilados
 Cursos Online
 Defesas Ambientais
 Defesas Trânsito
 Direito Bancário
 Direitos Consumidor
 Execução Fiscal
 Gestão Fiscal/Tributária
 Guia de Defesas de Autuação Fiscal
 Holding Familiar
 Imposto de Renda
 Impugnação - Auto de Infração - Estadual
 Impugnação - Auto de Infração - Federal
 INSS
 IPI
 IRPF
 IRPJ
 Mandado de Segurança
 Modelos de Contratos
 Petições - CIVIL/EMPRESARIAL
 Pis e Cofins
 Planejamento Tributário
 Processo Administrativo Fiscal
 Processo do Trabalho
 Processo Tributário
 Retenções Tributárias
Leitura dos Guias
Novidades mais
Produto teste
Produto teste
R$1,00
Busca Rápida
 
Use palavras-chave para achar o que procura.
Busca Avançada
Newsletter
E-mail:

Últimos Produtos
Produto teste
Produto teste
 
Curso Planejamento Tributário Mudança do Lucro Presumido para o Lucro Real
Curso Planejamento Tributário Mudança do Lucro Presumido para o Lucro Real
 
Curso Online - Planejamento Tributário PIS e COFINS para Indústria
Curso Online - Planejamento Tributário PIS e COFINS para Indústria
 
Curso Online - Planejamento Tributário Agroindústria Arrozeira
Curso Online - Planejamento Tributário Agroindústria Arrozeira
 
Curso Online - Curso Planejamento Tributário - PIS e COFINS para Supermercados
Curso Online - Curso Planejamento Tributário - PIS e COFINS para Supermercados
 
Curso Online - Planejamento Tributário PIS e COFINS para Transportadoras
Curso Online - Planejamento Tributário PIS e COFINS para Transportadoras
 
CAR - Cadastro Ambiental Rural
CAR - Cadastro Ambiental Rural
 
Planejamento Tributário Lucro Presumido Regime de Caixa
Planejamento Tributário Lucro Presumido Regime de Caixa
 
Planejamento Tributário Lucro Presumido
Planejamento Tributário Lucro Presumido
 
CURSO ONLINE DE PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PARA 5 ATIVIDADES
CURSO ONLINE DE PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PARA 5 ATIVIDADES
 
Informações
Quem somos
Notas de Privacidade
Termos e Condições
Fale Conosco
02/12/2009
DCTF e PER DCOMP - Alterações
DCTF e PER DCOMP - Alterações

DCTF e PER DCOMP - Alterações

No DOU de 30 de novembro de 2009 foram publicadas duas Instruções Normativas da Receita Federal do Brasil, tratando das regras aplicáveis à DCTF a partir de 1º de janeiro de 2010, e alterando normas importantes do PER DCOMP.

Veja a seguir os principais aspectos dessas alterações.

DCTF - Normas aplicáveis a partir de 2010

Por meio da Instrução Normativa RFB nº 974 de 2009 foram divulgadas as normas disciplinadoras da Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF), relativas a fatos geradores que ocorrerem a partir de 1º de janeiro de 2010.

Dentre as diversas disposições tratadas, destacamos o fim da DCTF Semestral. Ou seja, a partir de 2010 todas as pessoas jurídicas obrigadas a essa declaração deverão entregá-la mensalmente, até o 15º (décimo quinto) dia útil do 2º (segundo) mês subsequente ao mês de ocorrência dos fatos geradores.

Uma outra importante novidade, diz respeito à obrigatoriedade de entrega da DCTF referente ao mês de dezembro de cada ano-calendário para as pessoas jurídicas que não tenham débito a declarar, na qual deverá indicar os meses em que se enquadraram nessa situação.

A Instrução Normativa RFB nº 974 de 2009 tratou ainda sobre: a) casos de dispensa de entrega; b) obrigatoriedade de assinatura digital da declaração; c) regras específicas para empresas do Simples Nacional com processos não julgados relativos à exclusão do referido regime; d) impostos e contribuições a serem declarados via DCTF; e) penalidades aplicáveis por falta ou atraso na entrega, ou ainda, no caso de informações incorretas ou omitidas; f) tratamento dos dados informados na DCTF; g) retificação das declarações.

Por fim, foi revogada, a partir de 1º de janeiro de 2010, a Instrução Normativa RFB nº 903, de 30 de dezembro de 2008, que ora tratava desse assunto.

Clique aqui para ver a Instrução Normativa RFB nº 974 de 2009 na íntegra.

PER/DCOMP - Tributos federais e previdenciários, salário-família e salário-maternidade - Restituição, Compensação, Ressarcimento e Reembolso - Alterações

Por meio da Instrução Normativa nº 973 de 2009 foi alterada a Instrução Normativa nº 900 de 2008. Dentre as alterações destacamos:

a) a restituição de valores pagos indevidamente a título de contribuição social pelo contribuinte individual, empregado doméstico, segurado especial e pelo segurado facultativo, que será feito por PER/DCOMP (artigo 3º);

b) a implementação de exceções aos impedimentos para compensação quando o crédito tiver como fundamento a alegação de inconstitucionalidade de lei (artigo 34);

c) a compensação considerada não declarada, que implicará constituição dos créditos tributários que ainda não tenham sido lançados de oficio nem confessados ou implicará a cobrança dos débitos já lançados de ofício ou confessados (artigo 39);

d) a empresa prestadora de serviços que sofreu retenção no ato da quitação da nota fiscal, da fatura ou do recibo de prestação de serviços, que poderá compensar o valor retido quando do recolhimento das contribuições previdenciárias, inclusive as devidas em decorrência do décimo terceiro salário, desde que a retenção esteja declarada em GFIP na competência da emissão da nota fiscal, da fatura ou do recibo de prestação de serviços, pelo estabelecimento responsável pela cessão de mão-de-obra ou pela execução da empreitada total (artigo 48);

e) a inclusão do reembolso dentre as hipóteses de vedação ao ressarcimento, restituição e compensação do crédito do sujeito passivo para com a Fazenda Nacional, objeto de discussão judicial, antes do trânsito em julgado da decisão que reconhecer o direito creditório (artigo 70);

f) o termo inicial de incidência de juros remuneratórios sobre o crédito apurado em declaração de encerramento de espólio ou de saída definitiva do País (artigo 72);

g) o acréscimo de juros remuneratórios sobre a compensação de contribuições previdenciárias realizadas até 3 de dezembro de 2008 (artigo 84);

h) as compensações consideradas não declaradas, transmitidas no período entre 4 de dezembro de 2008 e 27 de maio de 2009, constituem confissão de dívida e instrumento hábil e suficiente para a exigência dos débitos indevidamente compensados (artigo 94);

Foi ainda incluído o artigo 94-A estabelecendo que são consideradas não declaradas as compensações transmitidas no período entre 4 de dezembro de 2008 e 27 de maio de 2009 relativas à débitos de valor original de R$ 500,00, aos débitos relativos ao recolhimento mensal por carnê-leão e aos débitos relativos ao pagamento mensal por estimativas.

Também foi mencionado que não se aplica à hipótese de não declarada, a compensação ao pedido de restituição de contribuições previdenciárias ou de reembolso apresentado mediante formulário e encaminhado à Receita Federal do Brasil até 30 de novembro de 2009.

Por fim, foram revogados os seguintes dispositivos da Instrução Normativa nº 900 de 2008:

a) parágrafo 14 do artigo 3º que dispunha que não se aplicava à restituição requerida pelo segurado empregado, empregado doméstico, segurado especial ou segurado facultativo, a Portaria Conjunta INSS/RFB nº 10 de 2008;

b) os incisos VII, VIII e IX que tratavam do impedimento à compensação pelo sujeito passivo de débitos referentes a valores inferiores a R$ 500,00, aos débitos relativos ao carnê-leão e aos débitos relativos às estimativas mensais apuradas pela pessoa jurídica;

c) os parágrafos 5º e 6º do artigo 48 que tratavam da compensação dos valores retidos, nos casos de obra de construção civil mediante empreitada total.

Clique aqui para ver a Instrução Normativa RFB nº 973 de 2009 na íntegra.

 

Assuntos Relacionados

Está previsto novo modelo de formalização do público do Empreendedor Individual.

Supermercados viram frustrada a possibilidade de uso dos créditos do ICMS ref. à energia elétrica

 

Manual Básico de Retenções Tributárias


 ICMS - Teoria e Prática  | Planejamento Tributário  | IPI - Teoria e Prática  | Retenções Tributárias | Manual da CSLL | Cálculos do IRPJ - Lucro Real | IRPJ

VOLTAR
Entrar
Seu Email

Senha
 

Cadastre-se
Esqueceu a senha?
Suas Compras mais
0 itens
Download
Mais Vendidos
Contratos de Prestação de Serviços
Contratos de Prestação de Serviços
 
Coletânea I - Modelos de Impugnação de Auto de Infração - Receita Federal
Coletânea I - Modelos de Impugnação de Auto de Infração - Receita Federal
 
Coletânea I - Modelos de Impugnação de Auto de Infração - Estadual
Coletânea I - Modelos de Impugnação de Auto de Infração - Estadual
 
Contratos de Compra e Venda
Contratos de Compra e Venda
 
3- Ação Revisional de Contrato Bancário - Início ao fim do processo
3- Ação Revisional de Contrato Bancário - Início ao fim do processo
 
1- Coletânea de defesas Ambientais II - Ação, Contestação, Impugnação, Defesa Prévia
1- Coletânea de defesas Ambientais II - Ação, Contestação, Impugnação, Defesa Prévia
 
Modelos de Contrato Social e Alterações
Modelos de Contrato Social e Alterações
 
Ação Declaratória c/c Anulatória de Débito Fiscal ? Auto de Infração
Ação Declaratória c/c Anulatória de Débito Fiscal ? Auto de Infração
 
2- Coletânea de Mandado de Segurança - Área Tributária - contendo 20 modelos
2- Coletânea de Mandado de Segurança - Área Tributária - contendo 20 modelos
 
Créditos de PIS e COFINS
Créditos de PIS e COFINS
 
Comentário mais
1-Planejamento Tributário - Pis e Cofins - Supermercados
_ul__li__strong-
__a href="http-
://www.monclerp-
iumini.top/it/n-
e ..

1 de 5 Estrelas!
Curitiba – PR – Fone/Fax: (41) 3272-8507
Parceiros: Portal dos Aplicativos - Melhor Loja Web